Canal do YouTube recebe mais de 500 queixas e exclui músicas da Nintendo

Mais um canal do YouTube está optando por excluir todas as músicas da Nintendo. Na segunda-feira (30), o canal DeoxysPrime revelou que recebeu mais de 500 queixas da empresa e, por isso, não disponibilizará mais as trilhas de franquias como Mario, Zelda, Kirby e mais.



Em sua conta no Twitter, o proprietário do canal pediu desculpas aos fãs, avisando que já removeu todas as faixas de jogos da Nintendo. O usuário revelou ainda que um número considerável de seus vídeos foi bloqueado apenas na última semana pelo mesmo problema.


“Com efeito imediato, removerei todas as músicas da Nintendo do meu canal. Com mais de 500 reivindicações e uma dúzia de trilhas sonoras bloqueadas na última semana, fica bem claro que eles não querem suas músicas no YouTube. Sinto muito por todos que curtem suas músicas, mas não tenho muita escolha.”

DeoxysPrime disse que não tem a intenção de apagar o canal, mas desejou sorte àqueles que ainda tentam disponibilizar músicas da Nintendo no Youtube, comentando sobre a frustração em ver a empresa não permitindo que os fãs ouçam as trilhas de forma acessível: "É frustrante, mas como disse antes, em última análise, é a escolha deles ter suas músicas bloqueadas na plataforma”.


Não é de hoje que a Nintendo é conhecida por intervir quando alguém está usando suas propriedades intelectuais. Em janeiro deste ano, o canal do YouTube GilvaSunner revelou que recebeu mais de 1.300 bloqueios de direitos autorais enviados pela empresa.


Em outros casos ainda mais frustrantes, a Nintendo vai atrás de projetos de fãs que envolvem suas franquias. Um exemplo recente é Prime 2D, um jogo que estava recriando Metroid Prime na perspectiva 2D que foi cancelado após queixas da empresa.