CS:GO: FURIA perde segunda partida no PGL Major Antwerp 2022

O time brasileiro foi superado em 2 a 0 pela NiP e amanhã terá jogo decisivo pela frente, valendo vaga ou eliminação



A FURIA se complicou no PGL Major Antwerp 2022 de Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO), mas ainda assim segue viva na competição. O time brasileiro encarou sua segunda derrota nesta segunda-feira (16), em 2 a 0 para a NiP, e agora terá pela frente, amanhã, um confronto decisivo valendo a vaga na próxima etapa ou a eliminação do campeonato.


Escalações

FURIA

  • arT

  • KSCERATO

  • yuurih

  • drop

  • saffee

  • tacitus (treinador)

Ninjas in Pyjamas

  • REZ

  • Plopski

  • hampus

  • es3tag

  • Brollan

  • djL (treinador)

Confronto

Nuke A Nuke foi escolha da FURIA, mas quem mandou na partida o início ao fim foi a NiP. De contra-terrorista os suecos não tomaram o menor conhecimento do ataque inimigo e chegaram a cravar 12 a 0 no placar. Apenas nas últimas rodadas os brasileiros conseguiram sair do zero e ficaram atrás em 13 a 2.

No segundo tempo os Ninjas venceram o pistol em boa jogada da dupla REZ e Plopski e, logo em seguida, emplacaram mais duas rodadas extremamente unilaterais para finalizar a partida em 16 a 2.

Inferno

Assim como foi a Nuke, a Inferno também não começou bem para o Brasil e a Ninjas in Pyjamas logo emplacou 4 a 0 no placar, como terrorista. Desta vez, no entanto, os panteras não demoraram tanto para resistir e inclusive voltaram muito bem para a partida, virando em 7 a 5 e em seguida fechando a primeira etapa em 8 a 7.

Os Ninjas repetiram o bom início de half mais uma vez e aplicaram uma reviravolta de 12 a 9. Na sequência, uma boa jogada de drop foi o único momento que a FURIA conseguiu responder no restante do jogo, já que todos os demais pontos ficaram no lado europeu, que levou a melhor em 16 a 10.

Campeonato



O Legends Stage do PGL Major Antwerp 2022 de CS:GO acontece presencialmente, na Bélgica, entre 14 e 17 de maio. A segunda etapa do torneio conta com 16 equipes - incluindo as brasileiras Imperial e FURIA - em busca de uma das oito vagas no Champions Stage.